A 1ª República e o sufrágio em Portugal: o debate de 1911 em perspectiva diacrónica

Miriam Halpern Pereira

Resumen


“ Dar a palavra ao povo” significou, durante o século XIX, o direito ao voto ou seja a institucionalização do sufrágio universal. Esta herança ideológica europeia oitocentista constituía uma questão relevante do programa republicano desde 1891. Mas a 1ªRepública Portuguesa nunca o adoptou. Este texto analisa esta vertente de recuo político, visando a compreensão das linhas de fractura do movimento republicano e as atitudes das camadas populares em relação ao sistema eleitoral.

Fecha de envío / Submission date: 23/02/2014
Fecha de aceptación / Acceptance date: 25/04/2014


Palabras clave


sufrágio universal; Primeira República Portuguesa; Assembleia constituinte de 1911; partido socialista, movimento anarquista

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17811/hc.v0i15.411

2008. Todos los derechos reservados al Seminario Martinez Marina.Condiciones de UsoPrivacidad